Vereadora Cassinha Carvalho lança pré-candidatura a Deputada Federal

Sistema prisional do Vale do Aço pede socorro
19/06/2018
Câmara vota projeto que torna de utilidade pública o Lions Clube Ipatinga
09/07/2018
Mostrar tudo

Vereadora Cassinha Carvalho lança pré-candidatura a Deputada Federal

WhatsApp Image 2018-06-22 at 20.48.52A vereadora de Ipatinga Cassinha Carvalho (PSB) lançou na tarde de sexta-feira (22) a pré-candidatura a Deputada Federal. O anúncio foi feito no Hotel San Diego em uma coletiva à imprensa. A parlamentar estava acompanhada do pré-candidato ao Governo de Minas Gerais Márcio Lacerda (PSB), do presidente do PSB Eduardo Figueiredo e apoiadores políticos.

Cassinha exerce um cargo político pela primeira vez após ser eleita a vereadora de Ipatinga nas eleições de 2016. Durante o discurso, a parlamentar disse que colocou o nome à disposição pela falta de representatividade que o Vale do Aço tem no Congresso Nacional.

“A falta de uma liderança de Ipatinga na Câmara Federal tem atrasado muito a vida de todos nós da região. Sabemos que todas as dificuldades que são cobradas do chefe do executivo, existem porque ele não tem uma pessoa em Brasília que defenda os interesses do Vale do Aço. A responsabilidade que me levou a Câmara de Ipatinga é a mesma que me dá coragem para enfrentar este desafio”, disse.

APOIO

WhatsApp Image 2018-06-22 at 20.48.52 (1)Durante a coletiva, o pré-candidato ao Governo do Estado, o ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda referendou o apoio a candidatura de Cassinha Carvalho, e acredita que o Brasil precisa de lideranças fortalecidas, que sejam capazes de construir um pacto mínimo de convergência.

“O Vale do Aço tem uma boa qualidade de vida, um IDH maior que a média e contribui fortemente com o nosso Produto Interno Bruto de Minas Gerais. As lideranças regionais se reúnem com uma pauta de trabalho para a região e eu percebo este engajamento político no avanço que o Vale do Aço merece”, afirmou.

Sobre a possibilidade de compor chapa com outro partido para as eleições presidenciais, Lacerda disse que a decisão, muito remota, depende do partido. “A escolha para disputar a vice-presidência, tem que ser uma decisão de partido. Não estou contando com isso. Estou trabalhando na minha pré-candidatura ao Governo do Estado, e caso isso ocorra, eu vou reunir o partido para que seja uma decisão coletiva”, finalizou.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *